06 Dec, 2019 Última Actualização 1:10 PM, 5 Dec, 2019

À descoberta de Portugal: Sernancelhe, a terra da Castanha, é um concelho virado para o futuro

 

Terra de pastores, Sernancelhe é também terra da Castanha. O nome, ganhou-o pela qualidade e sabor do fruto que enche as casas dos lavradores e que faz parte da gastronomia regional. Ciente do seu percurso histórico, Sernancelhe, hoje, abraça o desenvolvimento de forma planeada e sustentada. A Lapa, Aquilino Ribeiro e a castanha são marcas deste território, sendo encaradas como estratégicas para o seu desenvolvimento. Carlos Silva Santiago é presidente do Município desde 2013, vivendo o seu concelho intensamente. Natural da Alemanha, e filho de emigrantes, é com uma visão próxima que reconhece a importância dos emigrantes para o país. Sernancelhe está de portas abertas. Descubra, seguindo as rotas e roteiros, os locais onde a natureza se exprime de forma exuberante, onde as serras e os rios se unem, dando origem a cenários de grande beleza natural. O convite, é feito pelo autarca.

Feira Nacional do Cavalo, na Golegã, continua a ultrapassar expectativas

 

Em plena planície ribatejana decorreu mais uma Feira da Golegã, evento que todos os anos chama milhares de pessoas, vindas de todo o mundo. A Golegã transforma-se na Meca do Cavalo e reúne os amantes do mundo equestre. É uma feira única e singular, que transforma a Golegã num dos melhores destinos turísticos do Outono, em Portugal. O evento tem ganho uma crescente projeção internacional, com a presença de muitos turistas estrangeiros, atraídos, essencialmente, pelo cavalo Lusitano. Este ano, participaram 33 coudelarias e cerca de 150 expositores. Espaço para todos revelarem a sua paixão pelo mundo equestre. Esta foi a 44ª Feira Nacional do Cavalo e, para os criadores, a Golegã é o mais importante entreposto comercial, para os feirantes é uma oportunidade de negócio. Também para os operadores locais, os dez dias da feira são um balão de oxigénio. A feira regressa em 2020, com a promessa de mais e melhor, sempre protegendo o bem-estar do cavalo.

Feira Internacional do Norte mostrou o melhor da caça, da pesca e da castanha em Bragança

 

Realizou-se a 18ª Feira Internacional do Norte, um evento que celebra a caça, a pesca e os produtos endógenos. É um dos mais afamados certames da região de Trás-os-Montes, com um programa rico e interventivo no que à valorização do património de Bragança, diz respeito. O certame, com tradição e dimensão ibérica permitiu, ao longo de quatro dias, degustar a gastronomia de excelência da região. Em particular, os três produtos emblemáticos desta época: a caça, a pesca e a castanha. Além disso, não faltaram actividades lúdicas e desportivas para participar. A castanha é rainha nesta altura do ano, existindo muitas qualidades à escolha. A Feira Internacional do Norte teve um programa completo e com iniciativas para todas as idades durante os quatro dias.

Feira da Castanha promove economia local do concelho de Trancoso

 

Trancoso abriu portas às 7ª edição da Feira da Castanha e Sabores de Outono. Um evento cheio de actividades que é já uma referência no concelho e na região. A feira é organizada pelo município de Trancoso e tem como objectivo promover o consumo da castanha. A produção de castanha é uma indústria que representa entre 5 a 6 milhões de euros na economia local do concelho de Trancoso. A feira prolonga-se até ao dia 10 de Novembro, num ano que participaram 70 expositores, e cinco stands dedicados a maquinaria agrícola da apanha da castanha.

Bombeiros de Maceira entregam Medalha de Serviços Distintos a Carlos Matos

 

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Maceira celebrou 37anos de actividade. Na cerimónia foram distinguidos diversos elementos deste corpo, assim como individualidades que apoiam significativamente esta corporação de Bombeiros. Foi o caso de Carlos Matos. Também na cerimónia, o presidente da Câmara Municipal de Leiria, Gonçalo Lopes, manifestou a disponibilidade do Município para reforçar o apoio aos bombeiros do concelho de Leiria, de que é exemplo um regulamento de apoios aos bombeiros que brevemente será colocado em discussão pública. Jaime Marta Soares, presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, presidiu à celebração. Sublinhou que Portugal tem dos melhores bombeiros do mundo.