15 Dec, 2019 Última Actualização 7:00 AM, 13 Dec, 2019

“Até ao lavar dos cestos é vindima” - a tradição em Portugal e em França

 

As vindimas começaram e a Lusopress marcou presença no momento de apanhar as uvas. Fomos ao encontro desta tradição em França e em Portugal. Começamos por conhecer esta realidade num dos lugares mais conhecidos do mundo: a região do Champagne, em França. A cerca de 100 kms de Paris, na região de Epernay, mundialmente conhecida pela sua produção de Champagne, encontra-se Fernando Martins. É português e trabalha indiretamente na produção desta bebida há mais de 40 anos. A portuguesa Tina Dumont chegou à região de Champagne-Ardenne em 1982 para dar aulas de português. Com o tempo, e pela influência do marido que era produtor, tomou o gosto pela champagne. Hoje toma conta do principal negócio da família, a produção de champagne.

Também em Portugal não podíamos deixar de marcar presença. A Lusopress esteve na região demarcada do Douro e de Lisboa, duas regiões vinícolas com características bem distintas. Na região do Douro,  mundialmente conhecida  pelo  seus vinhos de excelente qualidade a Lusopress esteve em Santa Comba de Vila Nova de Foz Côa. Lugar que oferece condições únicas para a maturação das vinhas e para produção do vinho. Na Região Vinícola de Lisboa, até agora conhecida por Estremadura, tem a particularidade da maioria dos vinhos pertencerem a Cooperativas, com grande variedade de estilos e qualidades. Começa a haver um número crescente de vinícolas privadas, com vendas diretas ao consumidor. É o caso da Quinta do Ralha, na região de Leiria. Também aqui, acompanhamos as vindimas de características únicas e dificilmente encontradas noutra região.