Fafe atribuiu a Luís Marques Mendes a Medalha de Ouro de Mérito Concelhio
12 Aug, 2022 Última Actualização 11:55 AM, 8 Aug, 2022

Fafe atribuiu a Luís Marques Mendes a Medalha de Ouro de Mérito Concelhio

 

O Município de Fafe atribuiu a Medalha de Ouro de Mérito Concelhio a Luís Marques Mendes. A entrega aconteceu durante a sessão solene evocativa do 25 de Abril, no Teatro Cinema de Fafe. A sessão começou, precisamente, com os discursos de várias personalidades da política local sobre a Revolução dos Cravos.

Depois da entrega de distinções a funcionários municipais, procedeu-se à condecoração de Luís Marques Mendes. A Medalha de Ouro de Mérito Concelhio distingue os cidadãos que, dedicadamente, se empenham no exercício de cargos públicos, tributando-lhes o devido reconhecimento. Luís Marques Mendes é um político fafense que mais cargos relevantes ocupou a nível nacional. Ao longo de mais de quatro décadas, Marques Mendes devotou-se a um permanente serviço público, primeiro aos fafenses e depois à democracia. Chegou a ser vereador em Fafe, de 1977 a 85, ocupando a vice-presidência da câmara de 1977 a 1979.

Para além de Luís Marques Mendes, conhecido advogado, político e comentador, também Parcídio Summavielle, ex-presidente da Câmara Municipal com uma extensa vida política dedicada ao concelho foi condecorado. Foi uma manhã especial no concelho de Fafe, evocando os valores do 25 de Abril. Em declarações à Lusopress, o presidente da autarquia de Fafe, Antero Barbosa, deixou uma mensagem especial a todos os fafenses espalhados pelas comunidades portuguesas.

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Museu Carmen Miranda, no Marco de Canaveses, reabriu com a exposição temporária "Antestreia"

 

O Museu Carmen Miranda, no Marco de Canaveses, reabriu com uma exposição temporária intitulada “Antestreia”, dedicada à artista e com a curadoria de António Ponte. O Museu Carmen Miranda encontrava-se encerrado para obras de requalificação e ampliação.

Ler notícia

Quinta de Santoinho celebrou os 50 anos de existência com grande festa para o público

 

Festa e arraial minhoto: é assim há 50 anos. A Quinta do Santoinho está de portas abertas desde 1972. O Santoinho nasceu pelas mãos de António Cunha, empreendedor no setor do turismo e transportes, ao sentir a necessidade de englobar num só espaço as vivências e a cultura do Minho.

Ler notícia

Arte para todos os gostos: as opções da Feira Nacional de Artesanato, em Vila do Conde

 

Os jardins da Avenida Júlio Graça, em Vila do Conde, voltaram a encher-se de artesanato. É aqui que decorre a 44ª edição da Feira Nacional de Artesanato. Das rendas de bilros, a feira foi abrindo portas a outros artesãos. Hoje, são cerca de 200 expositores, com artesãos de todo o país, que mostram o que de melhor fazem, com diferentes matérias-primas.

Ler notícia