“As memórias da minha terra”: um olhar sobre Vale de Cambra pela voz de Arlindo dos Santos
04 Aug, 2021 Última Actualização 8:59 PM, 4 Aug, 2021

“As memórias da minha terra”: um olhar sobre Vale de Cambra pela voz de Arlindo dos Santos

 

É sobre o lema “unindo os Portugueses” e mostrando o que Portugal tem de melhor, que a Lusopress irá lançar um novo projeto: o Lusopress Book. A 1ª edição do livro irá ser lançada em 2021. Trata-se de um guia de qualidade de alguns municípios portugueses, com uma panorâmica geral de cada região. O objetivo é divulgar as características do património natural e arquitetónico, contando a história de cada destino, sejam cidades, vilas ou aldeias. 

O Lusopress Book, além de mostrar as caraterísticas únicas e imperdíveis de cada lugar, transmite também os testemunhos de portugueses oriundos dessas regiões. É uma viagem às memórias, destacadas ao longo do livro.Uma das regiões em destaque é o concelho de Vale de Cambra, e o testemunho a ele associado é de Arlindo dos Santos. É da aldeia de Cepelos, em Vale de Cambra, mas há 41 anos que saiu da sua terra natal para França, onde se tornou empresário.

Hoje é o presidente do Grupo DSA e, em entrevista à Lusopress, recordou as suas memórias de infância e como era o modo de vida em Vale de Cambra. Como é, como se desenvolveu ao longos dos anos, e o que tem ainda a melhorar. É pelos seus olhos que traçamos um retrato de Vale de Cambra. As memórias são muitas, e são ainda mais as saudades que sente, esbatidas com a relação que vai mantendo com a sua terra. As palavras finais foram dirigidas a todos os valecambrenses.

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Sotaque à moda do Porto

 

Há quem diga que a pronúncia serve como uma espécie de GPS geográfico. Apontamos as coordenadas para a cidade do Porto e viajamos pelo sotaque mais carregado do norte. 

Ler notícia

'Descubra e viva uma experiência': CIM Douro cria passaporte para impulsionar turismo

 

O Museu do Douro, no Peso da Régua, serviu de pano de fundo para a apresentação oficial do “Passaporte do Douro”. ‘Descubra e viva uma experiência’ foi o slogan atribuído a este projeto da Comunidade Intermunicipal do Douro. O principal objetivo desta iniciativa é impulsionar o turismo do Douro após um longo período de quase estagnação provocado pela pandemia da Covid-19.

Ler notícia

Berta Nunes recebeu emigrantes na fronteira de Vilar Formoso

 

A Secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, à semelhança do ano passado, marcou presença na fronteira de Vilar Formoso, numa receção aos emigrantes, inserida numa campanha de sensibilização de segurança rodoviária.

Ler notícia