Se uma casa é portuguesa, não falta caldo verde a fumegar sobre a mesa
29 Nov, 2021 Última Actualização 4:49 PM, 29 Nov, 2021

Se uma casa é portuguesa, não falta caldo verde a fumegar sobre a mesa

 

Se uma casa é portuguesa, com certeza não há-de faltar um caldo verde a fumegar sobre a mesa. Assim é o sabor de Valença, o sabor do Minho e o sabor de Portugal. De origem Minhota, mas adoptado por todas as regiões, a receita foi escrita em verso. Escritores e poetas referem-no: Camilo, Eça, Júlio Dinis, Ramalho Ortigão. Correia de Oliveira define-o: “Que núpcias de sustento e de sabor”. Pessoa foi devoto desta simbiose de caldo de batata e couve-galega. O poeta Arnaldo Ferreira descreve o caldo verde num poema que Amália cantou e imortalizou tornando-se no segundo Hino Nacional, “Uma Casa Portuguesa”: “basta pouco, poucochinho p’ra alegrar, uma existência singela… É só amor, pão e vinho, e um caldo verde, verdinho a fumegar na tigela”. Como ingredientes tem couve-galega, batata, azeite, alho, cebola, água, chouriço e sal, sendo preparado num tradicional pote de ferro com a ajuda de uma colher de pau, até estar pronto a servir nas famosas tigelas de barro portuguesas. A 10 de Setembro de 2012, na gala da declaração oficial das 7 Maravilhas da Gastronomia Portuguesa, o caldo verde subiu ao pódio e foi consagrado um dos vencedores.

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Paulo Pisco organizou encontro 'Mulheres de Mérito' para discutir o papel da mulher da diáspora

 

O deputado socialista Paulo Pisco, eleito pelo Circulo da Europa, organizou um encontro com jantar intitulado “Mulheres de Mérito”. O evento decorreu no Hôtel Edouard 7, no centro de Paris. Houve espaço para a apresentação de testemunhos e discussão sobre o papel da mulher nas comunidades.

Ler notícia

Portugal foi o país convidado de honra no salão 'Partir Étudier à l´Étranger', em Paris

 

Durante três dias, Portugal foi o convidado de honra do salão Partir Étudier à l´Étranger. Realizado no parque de exposições Porte de Versailles, o certame voltou assim ao formato presencial. Esta é uma das maiores feiras direcionadas para o mundo estudantil que acolhe, todos os anos, mais de 600 mil estudantes.

Ler notícia

A ternura das 40 edições do Festival Nacional de Gastronomia de Santarém

Descobrir Santarém enquanto prova Portugal é um slogan que prevalece há 40 anos. Um número redondo que representa o número de edições de um certame que coloca os visitantes de faca e garfo nas mãos.

 

Estúdio e Redação

  • 19 Avenue James de Rothschild 77164 Ferrieres-en-Brie França
  • 0033 6 18 44 74 55
 

Subscreva a nossa Newsletter