Rally 4L Trophy 2020 conta com participação portuguesa
10 Aug, 2022 Última Actualização 11:55 AM, 8 Aug, 2022

Rally 4L Trophy 2020 conta com participação portuguesa

 

Já se ouve o barulho do motor e o Renault 4L já está apetrechado, com tudo o que Pedro Martins e o seu co-piloto irão precisar, para embarcar nesta aventura chamada 4L Trophy. Durante cerca de uma semana, Pedro e Romain vão partir de Biarritz, palmilhar Espanha, atravessar o Estreito de Gibraltar e percorrer Marrocos até chegarem ao seu destino: Merzouga. Aqui cumprirão o objetivo a que se propuseram.

Neste evento anual, onde participam mais de 1500 estudantes a cada edição, o espírito de solidariedade é global e, também, o espírito de aventura. A maioria dos inscritos são estudantes entre os 18 e os 26 anos, que são motivados pelas suas universidades a terem uma posição associativa mais vincada. Para entrar neste evento, todos os participantes necessitam de angariar patrocínios que lhes garantam a sua inscrição. Na bagagem da sua viatura, Pedro leva os principais recursos para este percurso. Desde ferramentas, a um depósito extra para o combustível, passando por sacos cama e colchões insufláveis, para o descanso entre etapas, todos eles são essenciais nesta expedição.

O que calhará em sorte a este Renault 4L, após a aventura no deserto, é ainda uma incógnita para o próprio Pedro. Se bem que, para já, o participante português apenas espera que o veículo não lhe falhe nesta travessia e, já só conta poder regressar a casa são e salvo.

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Museu Carmen Miranda, no Marco de Canaveses, reabriu com a exposição temporária "Antestreia"

 

O Museu Carmen Miranda, no Marco de Canaveses, reabriu com uma exposição temporária intitulada “Antestreia”, dedicada à artista e com a curadoria de António Ponte. O Museu Carmen Miranda encontrava-se encerrado para obras de requalificação e ampliação.

Ler notícia

Quinta de Santoinho celebrou os 50 anos de existência com grande festa para o público

 

Festa e arraial minhoto: é assim há 50 anos. A Quinta do Santoinho está de portas abertas desde 1972. O Santoinho nasceu pelas mãos de António Cunha, empreendedor no setor do turismo e transportes, ao sentir a necessidade de englobar num só espaço as vivências e a cultura do Minho.

Ler notícia

Arte para todos os gostos: as opções da Feira Nacional de Artesanato, em Vila do Conde

 

Os jardins da Avenida Júlio Graça, em Vila do Conde, voltaram a encher-se de artesanato. É aqui que decorre a 44ª edição da Feira Nacional de Artesanato. Das rendas de bilros, a feira foi abrindo portas a outros artesãos. Hoje, são cerca de 200 expositores, com artesãos de todo o país, que mostram o que de melhor fazem, com diferentes matérias-primas.

Ler notícia