Salão do Imobiliário e Turismo Português em Paris capta investimento para Portugal
10 Aug, 2022 Última Actualização 11:55 AM, 8 Aug, 2022

Salão do Imobiliário e Turismo Português em Paris capta investimento para Portugal

 

A Porte de Versalhes acolheu a oitava edição do Salão do Imobiliário e Turismo Português em Paris. Este ano o evento contou com 120 expositores e apostou na partilha de testemunhos de franceses que já vivem em Portugal, para atrair novos visitantes e residentes para o país. O salão reuniu imobiliárias, promotores, empresas de serviços, banca, consultoria, apoio ao investimento ou à constituição de empresas.

Anteriormente organizado pela Câmara de Comércio e Indústria Franco-Portuguesa, o Salão nasceu em 2012 e foi adquirido, recentemente, pela empresa InvestPortugal, liderada por Marc Laufer, empresário francês que detém participações em alguns dos maiores grupos de meios comunicação francófonos. Também as câmaras municipais de Lisboa, Famalicão, Olhão, Seixal, Nazaré, Vila de Rei, Pinhel marcam presença no salão, assim como as comunidades intermunicipais de Leiria e do Tâmega e Sousa.

Durante o salão esteve em destaque o projecto Villa Poissy, localizado na região do Algarve. Estima-se que cerca de 17 mil visitantes passaram pelo evento ao longo dos três dias, sendo que o investimento, em 2019, foi de meio milhão de euros.

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Museu Carmen Miranda, no Marco de Canaveses, reabriu com a exposição temporária "Antestreia"

 

O Museu Carmen Miranda, no Marco de Canaveses, reabriu com uma exposição temporária intitulada “Antestreia”, dedicada à artista e com a curadoria de António Ponte. O Museu Carmen Miranda encontrava-se encerrado para obras de requalificação e ampliação.

Ler notícia

Quinta de Santoinho celebrou os 50 anos de existência com grande festa para o público

 

Festa e arraial minhoto: é assim há 50 anos. A Quinta do Santoinho está de portas abertas desde 1972. O Santoinho nasceu pelas mãos de António Cunha, empreendedor no setor do turismo e transportes, ao sentir a necessidade de englobar num só espaço as vivências e a cultura do Minho.

Ler notícia

Arte para todos os gostos: as opções da Feira Nacional de Artesanato, em Vila do Conde

 

Os jardins da Avenida Júlio Graça, em Vila do Conde, voltaram a encher-se de artesanato. É aqui que decorre a 44ª edição da Feira Nacional de Artesanato. Das rendas de bilros, a feira foi abrindo portas a outros artesãos. Hoje, são cerca de 200 expositores, com artesãos de todo o país, que mostram o que de melhor fazem, com diferentes matérias-primas.

Ler notícia