Santuário de Fátima é ponto de paragem obrigatório para os emigrantes
07 Aug, 2022 Última Actualização 10:53 AM, 5 Aug, 2022

Santuário de Fátima é ponto de paragem obrigatório para os emigrantes

 

Durante o mês de Agosto, o Santuário de Fátima torna-se local de paragem obrigatório, e o recinto de oração enche-se de peregrinos emigrantes, que reforçam a sua fé, antes do regresso ao país onde vivem. O francês é mesmo a língua que mais se ouve em redor do santuário, com muitos carros vindos da Suíça e França, sobretudo, mas também do Luxemburgo, Bélgica e Alemanha.

A fé é o denominador comum a todos. Saúde, paz, força e coragem estão entre as preces mais comuns. Entre várias manifestações de fé, como as promessas pagas de joelho e a oferta de velas, todos convergem em oração diante do altar. É visível a confiança que os emigrantes depositam em Nossa senhora no meio das suas preocupações e aflições. As comunidades continuam a praticar a fé que receberam e a passar aos seus filhos a educação católica.

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Quinta de Santoinho celebrou os 50 anos de existência com grande festa para o público

 

Festa e arraial minhoto: é assim há 50 anos. A Quinta do Santoinho está de portas abertas desde 1972. O Santoinho nasceu pelas mãos de António Cunha, empreendedor no setor do turismo e transportes, ao sentir a necessidade de englobar num só espaço as vivências e a cultura do Minho.

Ler notícia

Arte para todos os gostos: as opções da Feira Nacional de Artesanato, em Vila do Conde

 

Os jardins da Avenida Júlio Graça, em Vila do Conde, voltaram a encher-se de artesanato. É aqui que decorre a 44ª edição da Feira Nacional de Artesanato. Das rendas de bilros, a feira foi abrindo portas a outros artesãos. Hoje, são cerca de 200 expositores, com artesãos de todo o país, que mostram o que de melhor fazem, com diferentes matérias-primas.

Ler notícia

Dancefloor – Jump to the Drop regressou e abanou com a cidade de Braga

 

Três anos depois, o Dancefloor – Jump to the Drop regressou para animar a cidade de Braga. Durante dois dias, o Altice Fórum Braga abanou com um cartaz repleto de nomes imparáveis dos subgéneros mais variados de música de dança.

Ler notícia