Portugueses de Valor 2022: Nomeado Isidro de Brito
12 Aug, 2022 Última Actualização 11:55 AM, 8 Aug, 2022

Portugueses de Valor 2022: Nomeado Isidro de Brito

 

Isidro de Brito nasceu em Angola em agosto de 1967. Dos tempos de criança são as poucas as memórias que tem. O pai fazia parte da polícia e todos os anos mudavam de posto, o que dificultava criar raízes e memórias.

A mudança constante de amigos, locais e pessoas, levaram a que a sua infância começasse a partir dos 9 anos, quando chega a Portugal. É formado em Gestão de Recursos Humanos e fez algumas pós-graduações, como gestão de projetos europeus.

Tem trabalhado no terceiro setor, num conjunto de associações com várias temáticas: igualdade de género, conciliação de vida profissional e familiar. Tem também feito consultoria para empresas internacionais que têm trabalhado nas mais variadas áreas.

Tem também trabalhado em muitos projetos europeus ao longo da vida e é presidente de algumas instituições sociais. É vice-presidente da Organização Mundial da Família sediada em Paris e nos últimos dez anos criou e abraçou a MMRP Beleza por uma Causa que desenvolve o concurso Miss Portuguesa.

“Quando perdemos os sonhos, perdemos a alegria de viver. Hoje os meus sonhos são continuar bem de saúde, com uma vida familiar estável, ver as minhas filhas felizes e continuar a ajudar o próximo”. Para si, é imperativo ser positivo, ser resiliente e ser muito profissional. Para si, “ser português é ser um cidadão do mundo tendo orgulho no que fazemos, mas no que fizemos também”.

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Museu Carmen Miranda, no Marco de Canaveses, reabriu com a exposição temporária "Antestreia"

 

O Museu Carmen Miranda, no Marco de Canaveses, reabriu com uma exposição temporária intitulada “Antestreia”, dedicada à artista e com a curadoria de António Ponte. O Museu Carmen Miranda encontrava-se encerrado para obras de requalificação e ampliação.

Ler notícia

Quinta de Santoinho celebrou os 50 anos de existência com grande festa para o público

 

Festa e arraial minhoto: é assim há 50 anos. A Quinta do Santoinho está de portas abertas desde 1972. O Santoinho nasceu pelas mãos de António Cunha, empreendedor no setor do turismo e transportes, ao sentir a necessidade de englobar num só espaço as vivências e a cultura do Minho.

Ler notícia

Arte para todos os gostos: as opções da Feira Nacional de Artesanato, em Vila do Conde

 

Os jardins da Avenida Júlio Graça, em Vila do Conde, voltaram a encher-se de artesanato. É aqui que decorre a 44ª edição da Feira Nacional de Artesanato. Das rendas de bilros, a feira foi abrindo portas a outros artesãos. Hoje, são cerca de 200 expositores, com artesãos de todo o país, que mostram o que de melhor fazem, com diferentes matérias-primas.

Ler notícia