Manuel da Silva é presidente do Município de Thorigny-sur-Marne
12 Aug, 2022 Última Actualização 11:55 AM, 8 Aug, 2022

Manuel da Silva é presidente do Município de Thorigny-sur-Marne

 

O Maire de Thorigny-sur-Marne é português. Manuel da Silva foi eleito nas autárquicas de 2020 para liderar os destinos da cidade que conhece como a palma da sua mão. Natural de Pombal, chegou a França com a sua mãe e irmã, em 1968.

Depois de uma vida dedicada à tipografia, surgiu um inesperado convite para a entrada na política, em 2007, para integrar uma lista autárquica de esquerda. Contrariando as sondagens, a lista acabou mesmo por vencer. Manuel da Silva entrava assim para a gestão de Thorigny-sur-Marne e, pouco a pouco, foi-se inteirando das necessidades do município e sentindo a vontade de se candidatar a presidência da câmara.

Desde Julho de 2020 que é o responsável máximo pelas políticas do município que conhece como ninguém. Foram vários os trabalhos que identificou como prioritários para Thorigny-sur-Marne. Localizada no departamento de Seine-et-Marne, e aproximadamente a 25 km de Paris, Thorigny encontra-se numa região com forte presença portuguesa. E, por isso, faz parte dos seus planos incluir projetos dedicados à comunidade portuguesa, sendo várias as ideias que tem em mente. A cumprir o primeiro mandato, Manuel da Silva não descarta uma segunda candidatura à Câmara de Thorigny-sur-Marne.

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

Museu Carmen Miranda, no Marco de Canaveses, reabriu com a exposição temporária "Antestreia"

 

O Museu Carmen Miranda, no Marco de Canaveses, reabriu com uma exposição temporária intitulada “Antestreia”, dedicada à artista e com a curadoria de António Ponte. O Museu Carmen Miranda encontrava-se encerrado para obras de requalificação e ampliação.

Ler notícia

Quinta de Santoinho celebrou os 50 anos de existência com grande festa para o público

 

Festa e arraial minhoto: é assim há 50 anos. A Quinta do Santoinho está de portas abertas desde 1972. O Santoinho nasceu pelas mãos de António Cunha, empreendedor no setor do turismo e transportes, ao sentir a necessidade de englobar num só espaço as vivências e a cultura do Minho.

Ler notícia

Arte para todos os gostos: as opções da Feira Nacional de Artesanato, em Vila do Conde

 

Os jardins da Avenida Júlio Graça, em Vila do Conde, voltaram a encher-se de artesanato. É aqui que decorre a 44ª edição da Feira Nacional de Artesanato. Das rendas de bilros, a feira foi abrindo portas a outros artesãos. Hoje, são cerca de 200 expositores, com artesãos de todo o país, que mostram o que de melhor fazem, com diferentes matérias-primas.

Ler notícia