Castanhas assadas e água-pé: a tradição voltou a Champigny-sur-Marne
26 Jan, 2022 Última Actualização 8:00 AM, 28 Jan, 2022

Castanhas assadas e água-pé: a tradição voltou a Champigny-sur-Marne

 

Foi com muitas castanhas assadas, acompanhadas pela tradicional jeropiga, que o dia de São Martinho voltou ao parque do Plateau, em Champigny-sur-Marne. O evento, organizado pela associação Les Amis du Plateau, reuniu cerca de 300 pessoas durante todo o dia. Com bom tempo, que se fez sentir a partir do meio da manhã, as pessoas puderam saborear, além da tradicional castanha, bifanas e caldo verde.

 

O presidente da associação, Joaquim Barros, salientou a importância deste regresso pós-pandemia para as pessoas, mas também para as associações. A artista Nathalie Afonso também marcou presença no evento, onde pintou um quadro, que foi sorteado a favor de obras sociais da associação Les Amis du Plateau. Quem não perdeu o momento, foi o fundador da associação e presidente honorário, Valdemar Francisco.

 No final, Joaquim Barros fez um convite. Apelou à participação na corrida dos Pais Natais, no dia 19 de dezembro, que vai acontecer no mesmo local, no Parc du Plateau, em Champigny-sur-Marne. O evento tem como objetivo angariar fundos para a compra de presentes a serem oferecidos a crianças hospitalizadas no dia de Natal. 

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Veja também...

"Rainha do Fumeiro" completou 31 anos

A Feira de Montalegre está de volta e cumpre a 31ª edição. A alimentar tradições desde 1992, a “Rainha do Fumeiro” é o certame de maior envergadura da vila. O município de Montalegre junta-se à Associação dos Produtores de Fumeiro da Terra Fria Barrosã e a festa dos sabores acontece.
Ler notícia

Próxima paragem: Museu Nacional Ferroviário, Entroncamento - Parte 2

Sejam bem-vindos à segunda parte, e última, da conversa com Maria Teixeira, responsável pelo Museu Nacional Ferroviário do Entroncamento. Aqui o aviso repete-se e pedimos especial atenção aos comboios.
Ler notícia

Próxima paragem: Museu Nacional Ferroviário, Entroncamento - Parte 1

Eis que surge o Primeiro Bilhete de Comboio. Uma frase que literalmente regenerou os caminhos de ferro em Portugal. Uma miniatura de uma locomotiva a vapor e um comboio bem real, onde estão os aposentos da Rainha D.Maria Pia. Partindo dos primórdios dos caminhos de ferro, em 1856, há toda uma história para contar até à atualidade. Por isso, pare, escute e olhe, porque existem muitos comboios a circular. 

 

Estúdio e Redação

  • 19 Avenue James de Rothschild 77164 Ferrieres-en-Brie França
  • 0033 6 18 44 74 55
 

Subscreva a nossa Newsletter