08 Dec, 2019 Última Actualização 1:10 PM, 5 Dec, 2019

Cuba mostra disponibilidade para ensino de português em escolas públicas

Categoria: Mundo

O secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro, afirmou hoje que há "uma disponibilidade de princípio" por parte das autoridades de Havana em introduzir o ensino da língua portuguesa nas escolas públicas de Cuba.

"Um dos pontos que ficou como um ponto de trabalho muito relevante para a relação entre os dois países foi a disponibilidade de princípio do vice-ministro das Relações Exteriores para a possibilidade de integrarmos o ensino da língua portuguesa nas escolas públicas do ensino secundário em Cuba", disse à Lusa o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas numa conversa telefónica a partir de Havana, capital cubana, onde realiza uma visita de dois dias.

A questão ficou agora de ser colocada ao ministro da Educação “para que este assunto possa ser acompanhado", acrescentou o secretário de Estado, acrescentando que "para Portugal não há dúvidas sobre o interesse estratégico dessa decisão".

Segundo José Luís Carneiro, as autoridades cubanas "ficaram de avaliar e de comunicarem" o resultado desta avaliação ao Governo português.

De acordo com o secretário de Estado português, o processo para que o ensino de língua portuguesa se junte às línguas francesa e inglesa no currículo escolar cubano será agora acompanhado pelo embaixador de Portugal em Cuba e pelo Camões - Instituto da Cooperação e da Língua.

 

Sobre a visita que faz a Cuba, José Luís Carneiro referiu que esta se insere no reforço das relações bilaterais entre os dois países, recordando que no último ano foram realizadas nove visitas bilaterais por autoridades políticas e institucionais portuguesas ao país.

O secretário de Estado faz um balanço positivo das relações, destacando o aumento de 16% no turismo português em Cuba em 2018, assim como um crescimento superior a 190% nas exportações cubanas para solo português e uma subida "na ordem dos 40%" nas trocas comerciais entre os dois países.

José Luís Carneiro assinalou que há ainda "uma oportunidade que se abriu no ponto de vista do investimento estrangeiro em setores que são importantes para Cuba".

O secretário de Estado das Comunidades Portuguesas referiu que as suas reuniões com representantes governamentais cubanos permitiram abordar algumas dessas áreas em que "Portugal tem uma competência e uma capacidade afirmada internacionalmente".

Entre estas áreas estão a modernização e inovação administrativa, as novas tecnologias de informação e 'start-ups', as energias renováveis e as políticas da eficiência energética, e "questões relacionadas com a aquicultura".

Durante a visita de dois dias a Havana, José Luís Carneiro assistiu à estreia do filme "O Nosso Cônsul em Havana", do realizador Francisco Manso, sobre a passagem de Eça de Queiroz no consulado cubano.

O filme foi produzido em parceria com o instituto Camões e com a Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas.

FONTE: LUSA