5 filmes sobre emigrantes portugueses que não pode deixar de ver
04 Aug, 2021 Última Actualização 8:59 PM, 4 Aug, 2021

5 filmes sobre emigrantes portugueses que não pode deixar de ver

Categoria: Artigos Lusopress

Nos últimos anos, a partida de portugueses para o estrangeiro e o seu proceso de adaptação serviu de inspiração para muitos cineastas. Daí, nasceram películas verdadeiramente fascinantes: umas que fazem rir, outras que fazem chorar.

A partida de portugueses para o estrangeiro, o processo de adaptação, os sucessos e os fracassos são um tema que nos últimos anos serviu de inspiração para muitos cineastas. Daí, nasceram películas verdadeiramente fascinantes: umas que fazem rir, outras que fazem chorar.

Alguns destes filmes pretendem terminar com a romantização da emigração e da vida dos nossos emigrantes, que também passam por dificuldades, angústias e dilemas.

No artigo de hoje, deixamos-lhe 5 sugestões de filmes que retratam a vida de emigrantes portugueses ou de lusodescentes. São histórias verdadeiramente apaixonantes que, apesar de ficção, estão bem próximas da realidade de muitos portugueses lá fora.

A Gaiola Dourada, de Ruben Alves

A Gaiola Dourada presenteou os espectadores com uma comédia envolvente e emotiva. A história foca-se na Família Ribeiro: uma família portuguesa emigrada em Paris que sonha voltar para Portugal. Um dia, José Ribeiro, pai da família, descobre que herdou uma herança que vai permitir à família regressar às origens, tal como sempre quis. Porém, a família Ribeiro tornou-se imprescindível em terras gaulesas, tanto para os patrões, para a comunidade e para a restante família.

A Gaiola Dourada recebeu ótimas críticas e esteve na corrida para grandes prémios. Recebeu o Séléction Officielle Compétition Festival de l'Alpe d'Huez de 2013 (Prémio do Público, Prémio de Interpretação Feminina), foi nomeado na categoria Prémio do Público dos Prémios do Cinema Europeu e foi nomeado para os César na categoria de Melhor Primeira Obra.

O filme foi um enorme sucesso em Portugal. Uma semana depois da estreia, já tinha receitas superiores a 500 mil euros e já tinha sido visto por 100.000 espectadores. Um mês depois, foi o 2º filme mais visto do ano e foi considerado um sucesso de bilheteira nos cinemas portugueses.

Listen, Ana Rocha de Sousa

O filme Listen prova que o cinema português está bem… e recomenda-se! Listen é o último grande sucesso português e tem feito furor também lá fora. O filme recebeu o prémio ‘Leão de Futuro’, o prémio especial do júri ‘Horizontes’, o Bisato d’Oro de melhor realização e o Sorriso Diverso Venezia, pela “abordagem às questões sociais”.

Listen retrata a vida de uma família portuguesa emigrada no Reino Unido a quem foram retirados os filhos, depois de suspeitas de maus tratos. Ana Rocha de Sousa fala sobre este drama familiar: “Não é de todo um filme contra ninguém em específico, mas pretende levantar questões. Se não haverá outras formas de salvaguardar o superior interesse destas crianças e destas famílias para lá da adoção. A grande dificuldade do tema são algumas definições demasiado subjetivas em termos legais que tornam o sistema social muito falível”.

Listen é protagonizado por Lúcia Moniz, Ruben Garcia e Sophia Myles e foi filmado nos arredores de Londres. A primeira longa metragem da realizadora portuguesa está nomeado para ser o candidato português aos Oscars.

Todos os Sonhos do Mundo, de Laurence Ferreira Barbosa

Paméla é a protagonista de Todos os Sonhos do Mundo. Tem 18 anos e é filha de portugueses. Busca pelo sentido da sua vida e procura encontrar o seu próprio caminho entre Portugal e França. Nesta jornada, quer respeitar e honrar os pais e as origens portugueses, sem esquecer a herança cultural do país que a viu crescer. 

O filme é da autoria de Laurence Ferreira Barbosa, que também nasceu em França, filha de emigrantes portugueses. Paméla Ramos, a protagonista, foi descoberta pela realizadora, que, tal como o resto do elenco, não é atriz profissional.

Menina, Cristina Pinheiro

O filme “Menina” passa-se na década de 70 em França. A protagonista é Luísa, filha de emigrantes portugueses que desde cedo se habituou às dificuldades de viver com duas culturas diferentes. Luísa descobre que o pai, de quem é especialmente próxima e que se tem debatido com um problema de alcoolismo, tem uma doença grave e pouco tempo de vida.

O filme “Menina” nasceu de uma tentativa da cineasta lusodescendente Cristina Pinheiro se “reencontrar” com as raízes e origens portuguesas.

À agência Lusa, a cineasta explicou o que a motivou a fazer este filme: “O filme partiu da história do meu pai e, durante a escrita do argumento, perdi a minha mãe. Além de ficar órfã, era Portugal que partia também. Foi terrível porque não perdia apenas os meus pais, perdia uma parte de mim e a minha cultura, porque cresci com o chouriço, as filhoses, o fado da Amália Rodrigues e a língua que nunca aprendi.”

Um encontro com o destino, de John l'Ecuyer

Nascida e criada nos EUA, Maria pertence a uma típica família portuguesa. Um dia, conhece Jack, um jovem norte-americano por quem se apaixona. Contudo, olhando apenas para as diferenças culturais que os separam, Maria começa a antecipar um futuro difícil. Jack, pelo contrário faz tudo para a conquistar e cair nas boas graças da tão característica família de portugueses.

Realizada por John L'Ecuyer, esta comédia romântica fala-nos sobre a capacidade da superação da diferença. O elenco inclui Jeannette Sousa, Ryan Scott, Joaquim de Almeida, um dos atores portugueses mais requisitados lá fora, e conta ainda com a participação especial da cantora e luso-descendente Nelly Furtado.

Quatro dos cinco filmes sugeridos foram realizados por portugueses e luso-descendentes que quiseram prestar a devida homenagem às suas origens e ao percurso dos seus pais ou familiares.