Governo português anuncia novo regulamento consular
29 Nov, 2021 Última Actualização 9:00 AM, 26 Nov, 2021

Governo português anuncia novo regulamento consular

Foi hoje publicado em Diário da República o Decreto-Lei n.º 51/2021, que aprova o novo Regulamento Consular, resultante de uma revisão que adapta a organização consular às novas realidades e necessidades da emigração portuguesa e das comunidades portuguesas.

O Programa do XXII Governo Constitucional consagrou como prioridade no processo de modernização consular a implementação do Novo Modelo de Gestão Consular (NMGC), que tem por objetivo assegurar o serviço consular 24h por dia, todos os dias, em qualquer parte do mundo.

Foi, assim, necessário proceder à revisão do Regulamento Consular, redefinindo as regras organizacionais e de funcionamento dos serviços consulares, consagrando novos métodos de comunicação e instrumentos de trabalho, baseados na digitalização e centralização de políticas de desmaterialização de atos e procedimentos consulares, criando o registo consular eletrónico e incentivando a apresentação de pedidos por via eletrónica.

Em simultâneo, são definidas novas políticas de gestão, suporte consular e de inovação adequadas à estrutura dos serviços externos do Estado, reestruturando a resposta dos consulados, revendo e reforçando a rede consular, simplificando os procedimentos e consolidando os mecanismos de apoio a situações de emergência.

O novo Regulamento Consular representa o próximo passo na relação dos serviços consulares com os cidadãos, ao estabelecer que todos os atos consulares que não exijam a presença da pessoa utente nos serviços consulares podem ser praticados por via eletrónica com recurso a meios telemáticos e plataformas móveis colocadas à disposição pelo Estado.

O NMGC, peça central para a concretização deste objetivo, já se encontra em implementação, estando também consagrado no Plano de Recuperação e Resiliência com uma dotação superior a 13 milhões de euros. Algumas alterações introduzidas pelo novo Regulamento Consular:

  • Disponibilização de serviços por via eletrónica ou através de plataforma informática de interação direta com a pessoa utente, sempre que a natureza dos mesmos o admitir, bem como meios eletrónicos de pagamento através da Plataforma da Administração Pública (em desenvolvimento);
  • A inscrição consular, obrigatória para a prática de atos consulares, é simplificada e passa a ser possível de forma não presencial;
  • Os Conselheiros das Comunidades passam a ser membros, por inerência, dos Conselhos Consultivos das Áreas Consulares, dando-se resposta a uma reivindicação do Conselho das Comunidades Portuguesas;
  • No âmbito das funções de apoio social é valorizada a articulação dos postos consulares com as associações portuguesas e outras instituições que trabalhem a área do apoio social e beneficiem portugueses em situações de carência;
  • Reforça-se a prática consular assente em novos mecanismos de trabalho valorizando a proteção consular e a ação de apoio de emergência.

Newsletter

Subscreva a Newsletter para receber conteúdos semanais sobre Portugal e toda a comunidade Portuguesa!

 

Outras Notícias

Saiba como: Votação no estrangeiro para a eleição da Assembleia da República

No âmbito da eleição da Assembleia da República, que decorrerá a 30 de janeiro de 2022, os eleitores residentes no estrangeiro devem verificar e, caso seja necessário, atualizar a morada associada ao cartão de cidadão, podendo fazê-lo presencialmente ou online. Esta verificação é essencial para garantir que o direito de voto no estrangeiro pode ser exercido sem constrangimentos.

Ler notícia

Mónica Vieira-Auer recebeu prémio criado para distinguir a diáspora portuguesa

O ministro de Estado e Negócios Estrangeiros português, Augusto Santos Silva, destacou em Lisboa a diáspora portuguesa, a qual, defendeu, “deve estar no centro da decisão política”, na entrega de um prémio a Mónica Vieira-Auer.

Ler notícia

Secretária de Estado das Comunidades defende apoio para transladação de nacionais

A secretária de Estado das Comunidades Portuguesas defendeu “algum tipo de medidas de apoio” para a transladação de cidadãos nacionais que morram no estrangeiro e em situações de comprovada incapacidade financeira.

Ler notícia

Abertura de 102 vagas nos concursos para os Serviços Periféricos Externos do Ministério dos Negócios Estrangeiros

Está em curso um novo processo de recrutamento de funcionários para os Serviços Periféricos Externos do Ministério dos Negócios Estrangeiros, abrangendo um total de 102 vagas.

Ler notícia

Grupo de Folclore Casa de Portugal dançou no Parlamento de Andorra no dia da cultura

O dia da cultura em Andorra ficou assinalado pela presença do Grupo de Folclore Casa de Portugal que presidiu o secretariado de Àgora Cultural e dançou no hall do Parlamento do Principado de Andorra.

Ler notícia